novembro 07, 2011

yes, it's a goodbye and there's (almost) nothing you can do about it


... mas eu acho que já não as consigo partilhar aqui, ou não como antes, nem com tanta vontade, ou com tanta angústia. Estou cheia de filtros e o pai do blog anda mais do que ausente, mais afoito nas malhas da vida que nas linhas da escrita (e faz bem).

Por isso, apesar das minhas mil e uma experiências desafiantes desde Setembro, numa "nova" casa, numa outra cidade, com outras pessoas, emprego e rotinas diferentes, não sinto falta deste desabafo blogueiro.

Será esta uma necessidade inconsciente de iniciar um blog novo em concordância com tudo o que mudou na minha vida?

Nessa (in)certeza, apenas consigo escrever um "adeus", ou um "até já" ou apenas "fui embora"

L

Cliché final: Foi bom enquanto durou.